Cidadania Italiana

Cidadão brasileiro e italiano

passaporte_italiano
Passaporte Italiano

Nos últimos meses algumas pessoas têm me perguntado sobre as vantagens/desavantagens de ter a cidadania italiana reconhecida. Quando se inicia um processo, deve-se ter em conta que não é algo simples, tão pouco rápido.

Primeiramente, cabe pensar: O que é ser um cidadão? O que é ser um cidadão italiano morando no Brasil? O que é ser um cidadão italiano e brasileiro ao

mesmo tempo? Será que é deixar de torcer para o Brasil na Copa do Mundo? Ou quem sabe dar nomes italianos aos filhos? Será que ser cidadão é simplesmente ter um documento de identidade ou um passaporte?

Se seu objetivo em ter a cidadania italiana reconhecida seja apenas para ter um passaporte europeu, recomendo que desista. Nem comece essa busca! Primeiro porque os brasileiros não precisam de passaporte europeu para fazer turismo na Itália ou qualquer outro país da União Europeia. Segundo, e o principal, é que o processo pode levar alguns anos, e se não houver um objetivo mais permanente, você poderá acabar sendo vencido pelo cansaço, e terá investido um bom dinheiro para nada.

O que me fez iniciar esse processo foi a necessidade de conhecer melhor a origem da minha família. Depois do início da pesquisa por documentos antigos, passei a me aprofundar na cultura italiana e tentei identificar em minha vida os traços dela. Em certo momento, iniciei meus estudos da língua italiana, e depois a comecei a ler jornais e revistas com notícias sobre a Itália. Esse movimento me estimulou a ficar conectado com a Itália durante os quase 10 anos de espera no consulado de Porto Alegre. Hoje me identifico muito com a cultura e os costumes italianos.

Quando a chegada do meu primeiro filho, em 2009, passei a querer deixar a ele esse legado, uma oportunidade às gerações futuras para poder estudar na Europa sem preocupações com vistos de permanência. Os meus descendentes serão os grandes beneficiados, pois poderão ter uma experiência no exterior realmente muito ampla e significativa.

 

Anúncios

4 thoughts on “Cidadão brasileiro e italiano”

  1. Prezado João,

    Localizei teu site através de uma busca via google. Penso que podes me dar uma mão.
    Tenho já iniciado, em 2001, o processo de obtenção da cidadania italiana. No ano passado entregamos os documentos e, como já esperávamos, ocorreram problemas.
    Resumidamente, meu bisavô no Brasil se chamava VIRGILIO ZANI. Porém, na Italia em seu registro de nascimento, no qual conferem data de nascimento e filiação, consta ANGELO GIOVANNI ZANI.
    Fizemos todas as correções nas certidões brasileiras com processo judicial para que constasse que ANGELO e VIRGILIO eram a mesma pessoa.
    Após primeira análise, o consulado sugeriu que se pesquise nas paróquias o registro de batismo para verificar se por acaso não consta no nome de batismo VIRGILIO.
    Ele nasceu em Schio, como teu antepassado.
    Se por acaso tiveres uma lista das paroquias nas quais fizeste a tua pesquisa, agradeço muito.
    Atenciosamente,

    Gustavo

    1. Gustavo, tudo bem?
      As prefeituras na Itália costumam controlar periodicamente a movimentação de residentes na cidade. O controle estatístico deles é feito desta forma. Por isso, existe nas comunes um departamento chamado “ANAGRAFE”. Esse órgão emite um documento chamado “Certificato di stato di famiglia storico”, que consta desde o patriarca o histórico de toda movimentação (troca de cidade, nascimentos, falecimentos etc). Penso que esse documento poderá te ajudar muito na confirmação dos dados da sua família, porque trará o nome dos pais, filhos e netos – ou seja, toda árvore da família enquanto tiveram na Itália. Cabe uma consulta para verificar se eles possuem esses dados. Você poderá enviar um email para: anagrafe@comune.schio.vi.it

      Em relação às parrochias em Schio, segue nome e email:
      Ca’ Trenta (catrenta@parrocchia.vicenza.it)
      Giavenale (giavenale@parrocchia.vicenza.it)
      Magrè (magre@parrocchia.vicenza.it)
      Monte Magrè (montemagre@parrocchia.vicenza.it)
      Piane di Schio (piane@parrocchia.vicenza.it)
      Poleo (poleo@parrocchia.vicenza.it)
      S. Caterina di Tretto (santacaterina.tretto@parrocchia.vicenza.it)
      S. Croce in Schio (santacroce.schio@parrocchia.vicenza.it)
      S. Cuore di Gesù in Schio (sacrocuore.schio@parrocchia.vicenza.it)
      S. Maria di Tretto (santamaria.tretto@parrocchia.vicenza.it)
      S. Pietro in Schio (sanpietro.schio@parrocchia.vicenza.it)
      S. Rocco di Tretto (sanrocco.tretto@parrocchia.vicenza.it)
      SS. Trinità in Schio (sstrinita.schio@parrocchia.vicenza.it)
      S. Ulderico di Tretto (santulderico.tretto@parrocchia.vicenza.it)

      Meu email é: joao.zanella@gmail.com

      Se puder ajudar de alguma forma, estou à disposição.
      Um abraço, João.

  2. Sou o primo do Gustavo Zani Nüñes, acabei esbarrando nessa publicação e resolvi agradecer a ajuda e informar que foi encontrado na paróquia de São Pedro em schio a certidão de batismo de nosso bisavô, VIRGILIO ANGELO GIOVANNI ZANI.
    Obrigado

    1. Marcelo. Que legal, fico muito feliz! Espero e torço que dê tudo certo. Fico sempre à disposição. Um fraterno abraço. João Zanella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s